logo

Destaque

Igor Chang: RECEITA DE VENCEDOR!

Fábio Bernardo 17/07/2020 às 11:51

É possível se reinventar, empreender e crescer em meio a duas graves crises – de saúde e economia – sem precedentes? Sim, e o chef e empresário Igor Chang é a prova viva disso!
No comando de dez cozinhas e com uma equipe de 80 colaboradores, que tiveram empregos preservados graças a sua energia transformadora, Igor provocou uma multiplicação nos negócios do Grupo Chang e tem feito da pandemia um marco histórico na relação dos clientes com novas propostas de gastronomia para consumo “in house”… Receita de sucesso, com ingredientes como foco, força, criatividade, sensibilidade e perseverança, que ele, generosamente, compartilha no nosso bate-papo. Confira!

FB – QUANTOS ANOS DE TRABALHO COM GASTRONOMIA E COMO TUDO COMEÇOU?

IGOR – Há quatro anos, começamos com a inauguração do primeiro Sakê, especializado em comida japonesa. Na época, percebia que no mercado não existia um restaurante que agradasse bem ao meu gosto pessoal, foi onde tive a oportunidade de oferecer a qualidade em pratos que eu tanto procurava. O cardápio foi elaborado pela minha experiência gastronômica que pude vivenciar em algumas viagens.

FB – QUANTAS COZINHAS VOCÊ COMANDA HOJE PARA TODAS AS OPERAÇÕES E QUAIS SÃO ELAS?

IGOR – Hoje já são dez marcas, algumas cozinhas funcionam apenas com delivery. No total são: Hao Express, Carbonara Hao, The Cheeseburger Factory, Sakê, Churrasco no Pão, Wrap na Brasa, Feijoada Manaira, Churrasco Manaira e Goiamum Manaira.

FB – DE QUE FORMA VOCÊ ENCAROU OS PRIMEIROS DIAS DA PANDEMIA? QUAIS FORAM AS PRIMEIRAS ATITUDES QUE TOMOU À FRENTE DOS NEGÓCIOS?

IGOR – A primeira atitude foi de reinventar. Sempre atendemos por delivery, mas essa modalidade não era o carro-chefe do nosso faturamento. Nessa situação, priorizei preservar os empregos dos nossos colaboradores, mas para isso precisava que o delivery funcionasse bem para que os rendimentos não caíssem muito. Foi quando nos adaptamos para atender apenas por entrega, mas garantindo a qualidade que o cliente já conhecia se fosse em um dos nossos restaurantes. Por último, pensei em criar novas marcas com opções de pratos que não eram comercializadas no mercado de João Pessoa, algo novo que ainda não via por aqui…

FB – É POSSÍVEL SE REINVENTAR E CRESCER EM MEIO A UMA CRISE? COMO FAZER ISSO?

IGOR – É sim, fizemos isso primeiramente por necessidade e tudo aconteceu muito rápido, mas investimos em novidades com a criação de novas marcas, pratos e principalmente no marketing. Todas as nossas cozinhas cresceram.

FB – QUANTAS PESSOAS OS SEUS NEGÓCIOS EMPREGAM HOJE E COMO FEZ PARA CONSEGUIR MANTER OS EMPREGOS?

IGOR – Hoje são oitenta colaboradores, por isso, inicialmente foi bem difícil para segurar esses empregos, mas estamos conseguindo passar por esse momento com inovação e transparência, assim não tivemos demissões.

FB – Como tem conseguido superar esse momento de dificuldades no seu mercado?

IGOR – Temos muitos clientes que, felizmente, sempre acreditaram nos nossos negócios. Nós focamos na transparência, assim prometemos uma alta qualidade nos pratos e conseguimos entregar.

FB – O QUE AINDA FALTA EM TERMOS DE GASTRONOMIA E O QUE MAIS PODEMOS ESPERAR DO GRUPO CHANG?

IGOR – O Grupo Chang vem crescendo a cada dia, temos projetos em andamento para expandirmos em forma de dark kitchens nas cidades de Recife, Campina Grande e Natal.
Esperamos lançar, em breve, pelo menos mais três novos projetos, sempre nessa linha de algo inovador na área gastronômica do que ainda não é oferecido na cidade.

FB – VOCÊ ACREDITA NA FORÇA DO DELIVERY MESMO DEPOIS QUE OS RESTAURANTES VOLTAREM A RECEBER CLIENTES PRESENCIALMENTE? PORQUE?

IGOR – Sim, já sabíamos que o delivery iria crescer, pois é uma tendência mundial. A pandemia só acelerou esse processo. Acreditamos que, mesmo com a reabertura dos restaurantes presenciais, vamos manter um bom ritmo de entregas por delivery. É um costume que nossos clientes já adotaram e acreditam que dá pra ter a mesma qualidade comendo em casa.

FB – AS ACÕES EM PROL DE QUEM PRECISA TÊM SIDO DESTAQUE NO GRUPO QUE VOCÊ COMANDA… QUANTAS PESSOAS ALCANÇARAM E COMO JÁ CONSEGUIRAM AJUDAR?

IGOR – Conseguimos entregar mais de mil refeições para doações nessa pandemia. Com nosso projeto, nós vendemos máscaras personalizadas e revertemos essa venda em uma refeição para ser doada. Também ajudamos com entregas de cestas básicas e outras doações.

FB – QUAIS OS ENSINAMENTOS QUE FICARÃO PARA VOCÊ DESSE MOMENTO QUANDO TUDO PASSAR?

IGOR – Que as adversidades podem chegar, mas fazem parte do nosso crescimento… Tudo passa. Não adianta focar nos problemas, mas sim na resolução deles. Com perseverança, esforço, trabalho e honestidade, dá para enfrentar qualquer dificuldade.

Igor Chang: receita para vencer a crise!
(FOTOS: IGOR DO Ó)