logo

Destaque

Yole Minervino: Predestinada a Servir

Fábio Bernardo 20/07/2020 às 19:43

A médica Yole Minervino, especializada em Cirurgias Minimamente Invasivas, é um dos grandes talentos da Ginecologia, na Paraíba… Predestinada, a profissional, que ganha cada vez mais a preferência das paraibanas, conversou com o site FB e nos falou sobre todo o amor dedicado à profissão, que ela sempre enxergou como um chamado, uma missão “de servir ao próximo e honrar a Deus”.
Confira o nosso papo…

FB – O que a encaminhou profissionalmente para a medicina?

YOLE – Penso que a medicina para mim é algo natural, uma herança, um espelho que tive em casa, com a medicina humanitária, que foi passada pelo meu avô ao meu pai e por ele a mim. Sempre tive fascínio pela medicina, pelo cuidar, amava quando ele nos levava para o hospital (que comandou durante 45 anos) e lá descobri a verdadeira relação médico-paciente, com amor, respeito e entrega, para oferecer sempre o seu melhor.

FB – Quando e porque você fez a escolha da GINECOLOGIA para atuar na medicina?

YOLE – Minha história com a medicina começou desde pequena, na antiga casa de saúde Santa Rita de Cássia, em Rio Tinto-PB, conhecida como hospital de Dr. Júlio. Ele sempre me pegava com os olhinhos nas frestas do centro cirúrgico, sala de parto, enfermarias. Lembro que quando entrava lá, meu coração acelerava, era um olho mágico, em que eu já era a médica que cuidava dos pacientes.
Acredito que todos nós nascemos com dons e talentos específicos que serão usados para cumprir o nosso propósito aqui na terra com excelência! O projeto da medicina já estava no coração de Deus para a minha vida, e na prática da minha profissão eu tenho oportunidade de servir e honrar, servir ao meu próximo e honrar a Deus respondendo meu chamado, daí todo o empenho em me reciclar constantemente e oferecer o melhor para as pacientes… Eu vejo Deus em cada uma delas! “Ao tocar uma alma humana, sou apenas outra alma humana”.

FB – Que cuidados as mulheres precisam manter em dia sobretudo em tempos de pandemia?

YOLE – Etiqueta respiratória, higienização das mãos, distanciamento social, ou seja, medidas protetivas ao contágio do COVID -19.
Em relação a rotina ginecológica, voltamos ao atendimento das pacientes atendendo todas as recomendações necessárias. Retornamos também as cirurgias ginecológicas e exames como histeroscopia diagnóstica sempre individualizando a necessidade de cada caso.

FB – Quais os diferenciais que as pacientes podem encontrar no seu acompanhamento ?

YOLE – Além de uma medicina atualizada, seguindo protocolos novos, baseada em evidências e técnica, também uma medicina humanitária e descomplicada cuidando de mulheres que buscam tratamento para dores com carinho e leveza.

FB – Vamos falar sobre os espaços de atendimento… Onde eles acontecem ?

YOLE – Atualmente, venho preparando o melhor para as minhas amadas pacientes e descentralizei o atendimento. Trabalho no Grupo Neves (espaço CLIM e HNSN) e no consultório do Bessa.

FB – Como se mantém atualizada em relação as novidades de prevenção à saúde da mulher?

YOLE – Sou Fellow do Instituto Crispi de Cirurgias Minimamente Invasivas, do Dr. Cláudio Crispi, onde mensalmente aprimoro minha técnica e trago para João Pessoa o que há de mais novo na ginecologia. Na medicina, o estudo não para, vivo sempre em busca de atualizações.

FB – Como mulheres grávidas podem lidar com a ameaça do novo coronavírus e a que tipo de riscos podem estar expostos a mãe e o bebê?

YOLE – A Covid-19 é uma doença nova que não podemos afirmar ainda se há transmissão vertical entre mãe e bebê. O que oriento as minhas pacientes é que cumpram todas as medidas protetivas para evitar o contágio da doença e mantenham um estilo de vida saudável, sem esquecer das outras doenças virais, como o zica vírus, e façam uso de repelente.

FB – Você também se especializou em cirurgias minimamente invasivas… Vamos falar sobre isso?

YOLE – Me especializei no Instituto Crispi, onde me encantei com a possibilidade de oferecer o melhor à paciente… Foi amor à primeira vista, descobri um mundo onde as pacientes poderiam diminuir tempo de internação, risco de infeção da ferida operatória, ter apenas 4 furinhos ou, às vezes, apenas 1, ter um campo cirúrgico ideal para a cirurgia, mínimo sangramento intra-operatório, tudo com maior segurança.

FB – Quais os segredos para cumprir toda a jornada profissional, o papel de mãe, e conseguir se manter bonita?

YOLE – São os olhos do amigo que me enxergam assim (rsss)… O amor (pela família e pela profissão) e a espiritualidade são fundamentais. E tento manter alimentação saudável e exercícios, mesmo com a minha rotina agitada.

FB – O que esse momento de enfrentamento de uma grave crise de saúde deixará como legado para você ?

YOLE – Eu aprendi que as situações adversas podem trazer frutos maravilhosos! Aprendi também que somos frágeis, e com conhecimento limitado, e que somos totalmente dependentes de Deus! A Covid-19 frustou os projetos e planos de quase 8 bilhões de pessoas! Mostrou a nossa incapacidade de planejar e dispor do tempo… A desorientação da ciência, que até então reinava soberana e absoluta, frente a esse vírus, nos faz refletir acerca da soberania de Deus, que tem chamado atenção do mundo inteiro para dizer que não temos governo sobre nada!
“O ser humano pode fazer muitos planos; contudo, quem decide é Deus, o SENHOR!”, Provérbios 19:21

Yole Minervino: Médica Ginecologista e Especializada em Cirurgias Minimamente Invasivas!
(FOTOS: THAYSE GOMES | STYLING: REBECA GUERRA)